14.1.14

Porto


Fui ao Porto há muitos anos atrás. Fiquei em casa de uma prima e diverti-me bastante apesar do momento que vivia. Era muito jovem e ainda não sabia o que hoje sei, senão teria provavelmente aproveitado mais. Sofria pelo final de um namoro mais longo que muitos casamentos. Apanhei o comboio Intercidades em primeira, tive direito a auscultadores e a uma viagem confortável num momento pouco confortável mas que guardo com carinho. A minha prima e o filhote trataram de me animar. Comi francesinhas, almocei na zona Ribeirinha, visitei as caves, o museu Serralves, muitas igrejas e monumentos e comigo trouxe o mais importante sintoma de uma viagem bem sucedida, o desejo de voltar um dia.

E esse dia chegou, uma viagem que foi uma mistura entre trabalho e lazer. Gostei do Sheraton, e de fazer uma hora de exercício num ginásio fantástico para descomprimir de três horas de viagem. Depois da reunião, jantámos na Alfândega. No dia seguinte almoçámos uma francesinha e visitámos Serralves. E é curioso como os momentos menos óbvios validam o que sentimos. Sinto-me sempre desconfortável em partilhar arte com alguém. Contigo comunguei.  

Depois do nevoeiro o regresso a casa, e de novo aquele sintoma persistente, o da certeza deste desejo de querer voltar um dia.

4 comentários:

Sónia disse...

Que bom que gostaste de cá estar :)
Beijinhos e bom ano!

Enjoy the Ride disse...

o Porto foi durante muitos anos a minha segunda cidade e ainda sinto que tenho tanto para conhecer.
vivi lá amores, desamores. tinha sempre por perto a família para me encobrir ou consolar. cidade onde voltar sempre! :)

Vanessa Casais disse...

O Porto é fantástico Sónia, e as mulheres do Norte também ;)

Vanessa Casais disse...

Enjoy the Ride é uma cidade mágica também para isso ;)

Postar um comentário