28.11.10

O Musical do Panda

Depois de irmos ao festival do Panda no Parque dos Poetas a fasquia ficou um bocadinho elevada, mas de facto o Musical acabou por nos decepcionar. O frio não convidava a sair de casa rumo a Lisboa, mas lá nos enchemos de coragem, mesmo com os protestos do Afonsinho que não percebia ainda ao que ia. O trânsito ali ao pé estava um caos e foi um pesadelo para se estacionar, pois fecharam o parque de do recinto e tivemos de arranjar lugar fora do Campo Pequeno. Por um lado, ainda bem, pois penso que para sair iria ser um caso sério.  Os pontos menos positivos para mim foram o facto de as bilheteiras serem no exterior, obrigando-nos a estar na fila ao frio com os miúdos e o recinto, que para albergar mais pessoas acabava por ter pouquíssimo espaço para as pernocas, ao jeito de lugar de avião. Se juntarmos a isto o facto de as crianças quererem dançar com as músicas, torna-se logo um pesadelo, pois não existe mesmo espaço para estar de pé. Os pais que ficaram em frente ao palco tiveram mais sorte, pois ai sim havia espaço mais do que suficiente para as crianças desfrutarem em grande do espectáculo. O ponto alto da noite foi o Afonso ter adorado. Quando percebeu que era o Panda dele que estava no palco ficou em êxtase, fartou-se de bater palminhas e palrar, e só pela sua alegria valeu muito a pena ter ido.

No regresso passámos pelo centro de Lisboa e namorámos as luzes de Natal no Rossio.

2 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

Valeu a pena toda a confusão só para o ver feliz não é?
Beijinhos

Vanessa Casais disse...

Sim!!!!

Postar um comentário