17.9.10

Catorze meses

Sempre me fez confusão quando uma criança nascia receber mensagens no telemóvel com o comprimento e com o peso. Nunca achei isso importante. Até ser mãe. Sempre me fez confusão a amamentação, e nós mulheres termos leite e adorei amamentar. Sempre me fez confusão os pais só falarem dos filhos e das coisas que todos eles fazem, porque é normal que façam, tipo começar a andar, e quando isso aconteceu ninguém me calava. Sempre me fez confusão os pais dizerem que os filhos têm treze, catorze meses, porque a partir de um ano não se devia falar de meses. E hoje sei que fazemos isso, porque o tempo voou. Porque é um género de ilusão misturada com recusa em aceitar que já passou um ano. Dizer treze meses, e hoje catorze, faz-me sentir que ainda és um bebé. Parabéns Afonso, que hoje e sempre sejas muito feliz!

2 comentários:

eu disse...

Parabéns Afonso!!!
E sim, ainda é um bebé: o TEU bebé!
Bjs

Vanessa Casais disse...

Pois é!!!

Postar um comentário