18.3.15

A vida social aos 5 anos - festas de anos



Este fim-de-semana o Afonso tinha 4 festas de anos. A da Mariana, a da bisavó Suzette, e duas de colegas da escola. Abdicámos de uma e conseguimos encaixar duas no Sábado porque a do Santiago começou ao fim da tarde. É complicado para uma mãe satisfazer tantos compromissos sociais desde tão tenra idade, até porque ao Afonso se somam duas com os seus planos também.

Para ser franca este fim-de-semana foi uma excepção, pois o Afonso raramente vai a festas de colegas já que a maioria calha em fins-de-semana do pai. Quando calham no meu eu faço um forcing para que vá, pois considero importante para a sua socialização e para o seu crescimento. Quem não recorda com ternura as festas de anos em criança? E o Afonso como não está habituado nunca quer ir, e eu tenho sempre o trabalho acrescido de o convencer. No entanto este fim-de-semana quis ir às duas e eu lá tentei reorganizar tudo de modo a satisfazê-lo (e antes que se arrependesse) com toda a ginástica dos envolvidos.

A festa do Santiago começou depois de terminar a da bisavó, mas eu confesso que não contava que acabasse tão tarde. No Sábado eram 9h da noite quando o fui buscar ao Aventuranças. Jantou lá com os colegas, pizza, batatas e todas aquelas coisas que fazem mal mas sabem bem. Nunca pensei ir buscá-lo a uma festa de anos a esta hora com esta idade, começa cedo a jantar fora ;), está um crescido! Ainda me lembro de ter de o convencer a saltar em insufláveis, e agora apesar de querer que eu fique sempre presente, rapidamente se esquece de mim e quer é brincar e pular.

No Domingo o Ico fez a festa no Benfica com direito a visita ao estádio e a marcação de penaltis. Mãe sofre é bem verdade. Três horas depois e muitas voltas no Colombo lá o fui buscar e vinha todo contente com um balão encarnado e um saco cheio de doces.

Em relação às prendas vou sempre à Science4You, que tem prendas engraçadas, em conta, com uma vertente pedagógica e ainda por cima 100% nacionais. O Santiago, grande companheiro do Star Wars do Afonso recebeu uns foguetões e o Ico, que fez a festa no Benfica, recebeu um esqueleto de Águia. Ainda beneficiámos da promoção da semana e do desconto de 10% do Clube Science4You.

Claro que depois deste fim-de-semana me diz que gostava de uma festa deste género. A festa em casa, apesar de ter animação, já não mete tanta graça. Mas o Afonso faz anos no Verão e nós temos um grande jardim, e eu acho que é sempre bom convidar os amigos para festejarem lá com ele. Não é um parque com insufláveis, mas vai uma senhora fazer magias, pintar caras e fazer esculturas de balões. Começo a achar que sou espécie rara. Já não há pais a fazer festas em casa?

Um comentário:

Marta Moura disse...

Eheheh, que alegria!

Postar um comentário