26.12.14

O nosso Natal

video


A ansiedade com a chegada da noite da consoada marcou a quadra. Nunca mais é o dia, e mal dormem na expectativa das prendas. Nós que só os queremos é ver felizes deixamo-nos contagiar, recordando que também já fomos crianças. E enquanto de véspera os miúdos viram desenhos na televisão e dançaram contentes músicas de Natal, inventando coreografias e cantando bem alto, nós fomos tratando do peru e do seu recheio. O peru foi a banhos de laranja e limão e assim ficou toda a noite. Eu fiz tarte de maçã e canela que ficou tão bem com chá. No dia seguinte a casa encheu-se de sonhos, bolo-rainha, fatias douradas, e Tronco de Natal. Cansados mal dormimos porque os miúdos acordaram bem cedo que o relógio «das coisas que querem» toca bem cedo dentro deles. E o dia foi fantástico. Ao almoço comemos peru, ao jantar peru comemos. Abrimos as prendas, vimos aqueles sorrisos, e estivemos juntos, que é para mim a parte mais importante e melhor. Tirámos a já tradicional fotografia ao pé da árvore. É sempre uma «guerra» ver se ficamos todos bem, garantir que ninguém faz birra, e que é só sorrisos, e ninguém está desfocado, coisa que envolve sempre largos minutos e várias tentativas. As meninas não ficaram para jantar este ano, mas os avós e a bisavó juntaram-se a nós. Mais tarde enchemo-nos de coragem e casacos e fomos até à missa do galo, porque este ano temos muito para agradecer. No dia 25 a festa continuou, comeu-se cozido à portuguesa em casa da minha mãe, e já com irmã e sobrinhos, celebrámos. 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário