18.5.11

Ao pé de casa


Ao pé da minha casa há um terreno que pertence à Câmara com algumas árvores de fruto e pinheiros. Costumava ir lá apanhar pinhas para o churrasco e flores, crescem lá flores belíssimas, e eu ganhei o hábito de encher as jarras de flores, mesmo no Inverno. A semana passada começaram a cortar algumas árvores e a derrubar o gradeamento. Fiquei assustada e temi o pior. Imaginei um mamarracho ali no meio de todas as casas rasteirinhas, um prédio, um condomínio, e não sosseguei enquanto o André não foi perguntar aos senhores que estão a trabalhar na obra. E não é que conseguiu superar as minhas melhores expectativas? Fiquei super feliz por saber que ali bem perto vamos ter um parque infantil e um lote de pequenas hortas comunitárias. Ficámos tão contentes. O Afonsinho que já percebe as palavras parque e baloiço adorou e a mamã também, que já se está a imaginar a fazer trocas directas com os agricultores, enquanto o miúdo anda no baloiço, assim como quem não quer a coisa ;)

2 comentários:

eu disse...

Fiquei de boca aberta!!! Tu que adoras essas coisas vais ter uma horta comunitária mesmo perto de ti!!! Já te estou a ver lá metida no meio :D
Parabéns à Câmara!

Vanessa Casais disse...

É que é mesmo à medida. Eu nem pediria tanto ;) E vai estar pronto em um mês e está a andar bem aos fins-de-semana e tudo. A mim cheira-me que tem a ver com eleições e mostrar obra feita ;)

Postar um comentário