6.4.11

Poupar em Jardins II


Não há para mim prazer que supere o de plantar algumas hortícolas, vê-las crescer e ganhar forma e cor, apanhá-las e testar um sabor completamente diferente do do supermercado. Mas para quem como eu quer conciliar uma pequena horta com um jardim o trabalho é duplamente complicado, porque o que se quer evitar sobretudo é o recurso a pesticidas e outros químicos não orgânicos para domar daninhas e tratar pragas e outras maleitas.

Como norma geral o que é ecológico é mais económico, aqui deixo duas sugestões vistas na Jardins e que já estou a pôr em prática embora a segunda ainda não tenha sido testada. A primeira consiste na aplicação de sal grosso nas zonas de onde foram arrancadas as ervas daninhas, para evitar o seu reaparecimento. Leia mais sobre o assunto aqui. A segunda é uma calda de urtigas caseira utilizada como insecticida natural. Basta colocar urtigas frescas dentro de um recipiente com água fria, cerca de 100grs de ervas por litro de água. Deve-se deixar macerar, mexendo diariamente. Depois de duas semanas, devemos filtrar para retirar a espuma e diluir, juntando dois litros de água por cada um de mistura. O preparado diluído é eficaz no combate de pulgões e aranhiço-vermelho, e não diluído, como adubo natural, podendo ser adicionado à água da rega. (Visto na revista Jardins de Fev. de 2010). O meu preparado faz esta semana 14 dias, está quase pronto a utilizar. 

Ontem fiz uma Quiche fantástica com cogumelos e alho francês da nossa horta, acompanhada por uma alface frisada enorme do quintal. O calor pede refeições leves e noites longas. E com calor e dias mais longos, vive-se mais e muito melhor ;)

Mais ideias de poupança em jardins neste post

2 comentários:

gina disse...

Adorei as dicas!
Bjs

Vanessa Casais disse...

Ainda bem Gina ;)

Postar um comentário