5.4.11

Correio vs Televisão


Cada vez gosto mais de receber correio e menos de ver notícias na televisão. Tenho imenso receio do futuro mas, e sobretudo, desta paragem política, deste cair lento e sem rede sem saber para que fundo. Sempre tive medo de alturas porque todos sabemos que quanto maior é o salto maior é a queda. 

No meu pequeno mundo as coisas correm devagar. Vendemos a casa na altura certa, comprámos na única altura que ainda era certa, com um Spread muito bom, mas para todos os efeitos demos um salto. Daí que dias como o de hoje em que amortizamos mais um bocadinho, é dia «Sim».

No meu pequeno mundo as coisas encaminham-se para uma conclusão. Apesar de a porta ser no número 13 tinha o nome de Santo António o que me apaziguou o espírito. Tem de estar calma Vanessa, está a ver. E já estou, bem mais calma e confiante, que a pior parte, julgo eu, já passou. A saúde é um bem precioso que só valorizamos quando nos falta. 

Pequenos passos. Só dou pequenos passos ultimamente como se estivesse a aprender a andar de novo, mas de sorriso aberto, porque são dados com a alegria ingénua de uma criança. 

O meu carteiro é criativo, eu não estou mas está o portão e por isso a encomenda fica entregue. Um despertador da vaquinha para o Afonso, que o acorda com o nome dele, e uns cremes para a mamã. Que delicia. Para quê ligar a televisão com tantas ervas daninhas por arrancar e correio assim para abrir? Para quê concentrar as minhas atenções no copo meio vazio e nas coisas menos boas?

3 comentários:

Patrícia disse...

Que maravilha, sempre há bons carteiros. Um dia destes esqueci-me do portão aberto e estava eu compenetrada a tralhar no meu PC quando de repente oiço baterem á minha janela por trás de mim, foi um susto horrível, era o carteiro que tomou a iniciativa...como já está habituado a vir-me dar as encomendas á janela, achou que não havia mal entrar sem avisar :P

gina disse...

Tens toda a razão. Devemos concentrarmo-nos nas coisas boas, embpra preparando-nos para as más. Bem que eu gostava que o meu carteiro fosse como o teu.......

Vanessa Casais disse...

Bem Madeira eu morreria de susto se me entrasse aqui alguém...
O meu carteiro é bem simpático Gina, já esteve uma vez a falar comigo e a sugerir que eu alargasse a entrada da caixa do correio porque há coisas que não cabem ;)

Postar um comentário