6.2.11

Dias de sol

Adoro estes dias de sol e os churrascos lá fora. Era bom que quando a Juliana chegasse os dias estivessem assim convidativos. Adoro tomar o pequeno-almoço ou almoçar no jardim e ver os passarinhos a namorar, que já cheira a Primavera e nota-se em tudo. Há tanto pássaro por aqui, também há imensas osgas, lagartixas, besouros e abelhas, a que já me habituei. Quem me viu e quem me vê. O André andou estes dois dias a cortar os trevos e as azedas que faltavam com o corta-relva, e assim tudo cortado misturado com a relva até dá ares de tapete. Ontem só cheirava a laranjada por causa de umas quantas laranjas caídas que foram apanhadas à mistura pelo corta-relva. Eu, tanta erva danada arranquei que parti duas unhas e fiquei com uma tendinite. Hoje já recomposta fui à manicura de manhã mas mesmo com luvas piquei-me toda nas urtigas. É que sou mesmo mal jeitosa que até meti picante do churrasco nos olhos. Fim-de-semana que é fim-de-semana tem de ter episódios destes. O que vale é que trabalho em seguros ;) O Domingo terminou com a festa de anos da minha cunhada Inês, que é uma querida, com muita família, o Afonso em êxtase, comida e confusão. Estou cansada e acho que assim que chegar à cama vou aterrar profundamente.

2 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

Bem isso foi mesmo um dia grande! Mas vale a pena não vale? Apesar do trabalho que dá!
Beijos

Vanessa Casais disse...

Vale sim Sónia!
Jokas

Postar um comentário