1.11.10

Segunda com sabor a Domingo

No Sábado fomos ao mercado e para mim foi uma estreia. Junte-se ao acordar cedo muita chuva e o resultado, bem o resultado não poderia ter sido melhor. Molhada mas feliz! Nunca eu tinha visto tantos legumes e flores e animais e árvores juntos. Ele há bancas com ticket e multibanco, fiquei impressionada! De qualquer forma trouxemos muitas coisas e para a semana se tudo correr bem lá estou eu outra vez. Trouxemos queijos de cabra, cenouras, um limoeiro, uma dúzia de pés de alface e alho francês, e mais meia dúzia de alface roxa para plantar (já estão plantados), dois barretes de lã, e pão alentejano. Vontade, vontadinha, foi de trazer aqueles pintainhos todos e coelhinhos antes que alguém os levasse para comer, mas o André lá me distraiu e bem a tempo que logo a seguir choveu a potes.

Animada com o meu crescente interesse pela culinária fui tirar a máquina do pão da arrecadação e até fui comprar a farinha. Mas a massa não cresceu, que a máquina já é velhota e o André ao deitar fora a massa deitou também a pá. Ou seja, agora fiquei sem máquina do pão, por ele ser totó. Eu que até era para fazer marmelada lá, já não faço, nem marmelada nem pão. Hoje até me deixou dormir mais um bocadinho cheio de remorsos.

É que fazia parte deste meu sonho para estes três dias frios, o cheirinho do pão acabadinho de fazer pela casinha nova. Os três na cama a comer fatias cheias de manteiga e a ver televisão. Nada correu como eu esperava, mas foi bom na mesma. Hoje vou desforrar-me com castanhas assadas e pensar que sabe bem começar a semana já na terça. É que hoje é segunda mas com sabor a Domingo e veio mesmo, mesmo a calhar.

2 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

Foi preciso azar com a máquina, mas podes entrar em contacto com a marca e pedires uma pá, eles normalmente enviam, claro que temos de pagar mas fica mais em conta que uma máquina nova.
Eu adoro ir a feiras e agora a maior parte dos comerciantes tem multibanco é uma maravilha!
Beijos e bom fim de dia!

Vanessa Casais disse...

Foi uma excelente ideia Sónia. Fui logo pesquisar a representação da Morphy Richards em Portugal, e não é que encontrei imensas reclamações em relação à cuba e ao facto da massa não crescer. Agora estou indecisa se mando vir a peça ou se compro outra máquina mais baratinha. É que é mesmo aborrecido não poder programar, e ter de mandar a farinha para o lixo. De qualquer forma obrigada pela dica!

Postar um comentário