13.11.19

7 Dicas de Poupança - Vales, amostras, prémios, experimente grátis

Os direitos das imagens estão nos respectivos links.

Quando este blog surgiu a minha ideia era partilhar não só a minha experiência com a maternidade como algumas dicas de poupança e gestão que ponho em prática no dia-a-dia. A vida deu algumas voltas e de uma família de três, passámos a uma família de cinco e agora de seis. Fazemos uma grande ginástica orçamental e sou bastante criativa com os programas, férias, ementas, e mesmo com as nossas despesas fixas. No histórico do blog podem encontrar dicas de poupança desde material escolar a jardins (aqui; aqui; aqui). 

Hoje venho falar-vos de vales de desconto. É muito raro ir ao supermercado e não utilizar alguns vales de marcas. Afinal quem não prefere comprar com desconto?

1 - Revista Lusitana - É trimestral, gratuita e vem carregada de vales de desconto para produtos Branca de Neve e Espiga. Para passar a receber basta juntar 5 provas de compra, preencher um formulário e terá direito a 4 edições, ao fim das quais deverá enviar novas provas de compra. Mais informações aqui. A revista também traz receitas e passatempos. 

2 - Clube Capitão Iglo - Registe-se aqui e envie as moedas que pode cortar nos produtos.Neste momento há apenas brindes para troca mas por vezes também há vales de desconto para produtos Iglo.

3 - Revista Dia-a-Dia com Nivea - Registe-se aqui e receba gratuitamente uma revista que para além de cupões de desconto, traz artigos sobre a marca, dicas de beleza e até amostras. 

4 - Dolce Gusto Members Club - Registe-se no club e introduza os códigos que vêem no interior das cápsulas. Para além de poder redimir por vales de desconto em compras de cápsulas online pode ainda trocar por inúmeros outros prémios.

5 - Dodot e Dodot VIP - Em relação à Dodot duas dicas. Na página da marca pode mediante registo encontrar vales de desconto e mesmo amostras gratuitas. Mas se registar também os códigos que vêem no interior das embalagens no Continente na área Dodot Vip, poderá receber embalagens totalmente gratuitas. 

6 - Nestlé Saboreia a Vida - Um mundo de ofertas. Aqui pode experimentar produtos gratuitamente, participar em acções, trocar pontos por produtos e descontos. 

7 - Danone Alimenta Sorrisos - É rara a vez que não vou comprar os iogurtes da Constança sem cupões de desconto. Regista os códigos que vêem nos iogurtes e troca por vales que podes imprimir e utilizar no supermercado. 

Estes são alguns dos descontos que mais utilizo. E vocês utilizam alguns deles? Conhecem mais? Partilhem em baixo nos comentários!



Já nos seguem aqui no Instagram?

8.11.19

5 Sugestões para fazer agora



Os direitos das imagens estão nos respectivos links.


1 - Outono - O álbum «Puro» de 2019 está fantástico e podem ouvi-lo no Spotify ou Youtube gratuitamente.

2 - O rádio despertador Cath Kidston - É lindo! Têm três variantes. Há também o rádio e a coluna também são de perder a cabeça. O preço não é tão convidativo pelo que talvez valha a pena aguardar os saldos. 

3 - A menina do Mar - Neste que seria o centenário da autora estão a surgir uma série de eventos, mas nada como ler a sua poesia, ou os seus livros infantis. Terminámos recentemente lá em casa A Fada Oriana, mas fiquei com muita vontade de ler A menina do Mar e mesmo A Noite de Natal. É de aproveitar os 20% de desconto numa série de obras da autora na Wook. Pode consultá-las aqui.

4 - Castanhas assadas - Adoro assadas e barradas com manteiga a acompanhar um chá, cozidas com erva doce, em puré, ou mesmo a acompanhar um assado. O S. Martinho está quase aí e ideias não me faltam!

5 - Corrida das Castanhas - Mais informações sobre os dois percursos em Xistarca.


Gostou destas sugestões? Então não deixe de espreitar as anteriores 543210.




Já nos seguem aqui no Instagram?

7.11.19

Kidzania - 5 razões porque vale a pena a visita


Recentemente estivemos a convite do Bongo na Kidzania, para conhecer a mais recente atracção desta cidade de brincar. O Escape Game Um Bongo, é uma actividade que consiste em decifrar e ultrapassar uma série de enigmas com o objectivo de evitar que os açúcares se infiltrem na nova receita mais saudável de Um Bongo. Através de alguns jogos de lógica e raciocínio, os exploradores são convidados a  recolher as frutas necessárias e a capturar os açucares afastando-os da fábrica. Os miúdos adoraram! 

Claro que ir à Kidzania é sempre uma grande aventura e hoje queria deixar-vos algumas dicas e razões que me levam a gostar tanto de lá ir com eles.

1 - Desenvolvimento - A Kidzania é uma cidade que promove através da brincadeira de imitação o crescimento e o desenvolvimento. Este desenvolvimento que muitas vezes também promovemos em casa, com brinquedos como cozinhas, ferramentas, etc, é fundamental ao seu crescimento uma vez que é através da imitação dos adultos e da brincadeira que a criança vai desenvolver as suas competências linguísticas, sociais, cognitivas, motoras, físicas, sensoriais e afectivas. Ora neste local a brincadeira de imitação está ao nível de uma cidade o que acaba por potenciar todas estas faculdades.

2 - Gestão - Assim que entra na cidade a criança é convidada a ir ao banco levantar um cheque, e a partir desse momento vai gerindo o seu orçamento. Em algumas actividades como no MacDonalds e Pizza Hut gasta Kidzos - a moeda da Kidzania - noutras, ganha kidzos. No final pode escolher gastar o dinheiro que ganhou numa loja ou depositar e juntar para gastar numa próxima visita. É muito importante para as crianças aprenderem estes conceitos de gestão, e nunca é demasiado cedo para introduzi-los. É importante que saibam que é preciso trabalhar para auferir rendimento que depois nos possibilita gastar no que precisamos. Incluindo na diversão. Isto faz com que valorizem e respeitem mais o dinheiro.

3 - Experiências - A Kidzania entre muitas outras coisas promove experiências. As crianças para além de poderem meter literalmente a mão na massa para fazer uma pizza ou hambúrguer também podem, dependendo da idade, conduzir um kart ou fazer escalada. Num só local encontramos actividades mais e menos radicais indicadas para várias idades.

4 - Abre Horizontes - Nomeadamente ao nível das profissões. Não raras vezes quando perguntamos a uma criança o que quer ser quando crescer a resposta passa por bombeiro, policia, médica, ou professora. Na Kidzania há milhentas profissões e é bom e importante que as crianças percebam que todas contribuem para a sociedade, todas são necessárias, e que há um sem número de coisas que podem fazer quando crescerem. Inclusivamente mudar de emprego.

5 - Diversão - Esta é talvez a razão mais importante para eles. A Kidzania é a cidade da diversão por excelência. E não há nada que uma criança goste mais do que brincar e divertir-se. 

Espero que tenham gostado ;). 



Já nos seguem aqui no Instagram?

30.10.19

5 sugestões para fazer Agora

Os direitos das imagens estão nos respectivos links.


1 - Cachorro de Lavagante - Fiquei completamente rendida ao sabor deste cachorro da Padaria Portuguesa. Prove enquanto há. Mais informações aqui.

2 - Skinny Latte Starbucks - Para beber em qualquer lugar. Pode comprar por exemplo aqui.

3 - Variações - Mais informações sobre o filme que conta a história do célebre cantor português, aqui.

4 - Noite assombrada de Halloween - pode inscrever-se até ao dia 31 de Outubro para o email lynxtravel11@gmail.com. Mais informações sobre o passeio aqui.

5 - Amadora BD - Mais informações sobre horários, como chegar e actividades na página oficial aqui ou na página de facebook do evento aqui.



Gostou destas sugestões? Então não deixe de espreitar as anteriores 43210.




Já nos seguem aqui no Instagram?

29.10.19

Pé no Monte


Férias. Fazem tanta falta. Sonhamos com elas todo o ano e depois chega a altura e muitas vezes não as aproveitamos bem. Este ano desmarcámos imensas férias, fomos gozando quando deu, e de imprevisto ficámos com semana e meia para Outubro. Gosto de tirar uns dias por aqui, mas não tantos dias. É que os miúdos já estão em aulas e norma geral é só a mais pequena que nos acompanha. 

Desta vez fiz um programa intenso para nós mas conseguimos fazer uma escapadinha com eles (quase) todos. Faltou a Martinha. Graças à Nestlé, aqui a mãe, ganhou um voucher no Glampinghub, e decidimos aproveitá-lo no Alentejo, mais concretamente no Pé no Monte

O nosso apartamento completamente equipado e moderno era lindo, com vista para uma das duas piscinas. E se à noite fomos jantar a uma pizzaria ali perto, o almoço era no nosso terraço a aproveitar o sol.

Quem diria que eu ainda iria dar mergulhos em Outubro? Fazer piscina (e até praia nestas férias) e ganhar uma cor. 

Adorámos o Pé no Monte, que para além de ter tudo o que precisávamos ainda dispunha de espaços comuns muito interessantes para quem viaja com crianças: trampolim; casinha; balizas de futebol; skates; bicicletas; ping-pong; matrecos e até uma zona social com filmes; legos; puzzles e muitos brinquedos. Se procuram um local sossegado, no meio da natureza mas com tudo o que é preciso e kids friendly, este é o local ideal. 

E agora que estou a ver estas fotos, só penso como gostava de voltar. Por vezes as melhores férias são as menos planeadas, aquelas de improviso mas em que estamos todos em sintonia e não há zangas. 

E por aí gostam de tirar férias em Outubro? Ou só mesmo no Verão?


Já nos seguem aqui no Instagram?

25.10.19

41 anos a aprender a crescer


Foi um desafio fazer 40 anos. Fiz muitos balanços, acho que até coloquei uma certa pressão sobre os meus próprios ombros. Uma expectativa grande que acabou por me criar muita ansiedade e mesmo a quem estava à minha volta. Uma perfeita tolice. Queria estar melhor que nunca. Fiz muitas alterações também por questões de saúde, muito exercício, muitas mudanças alimentares. E embora tudo o que façamos por bem nos faça bem, a verdade é que nada muda o nosso BI.

Fazer 40 é igual a fazer 30, 50 ou outra idade qualquer, mas não é. A idade traz-nos certas mazelas, um cansaço e resistência diferentes. O corpo muda e acho que é isso que mais assusta. Sentirmos na pele a nossa finitude. Tudo ganha um gosto diferente. Somos quem queremos e como queremos mas não estamos cá para sempre.

Dizem-me muitas vezes que não pareço ter mais de 40 ou um filho já com 10 anos, mas isso não é uma subtracção real de vida e de rugas, tão só um elogio. A parte bonita, é que se eu pensar bem também não gostaria que assim fosse. Adoro a minha vida, mesmo com as maiores escorregadelas. Eu não seria eu se tivesse vivido de outra forma.
_________

Este ano fiz 41 e não senti nenhuma pressão. Passei o dia como gosto, rodeada dos que amo. Fiz o jantar do costume com a malta do costume. O José fez o chili do costume. A Susy trouxe a tarte de requeijão do costume. No entanto, não encomendei um bolo bonito mas que eu nunca como, só para soprar as velas e para a fotografia. Não! Este ano fiz o meu bolo. O bolo que mais gosto e que me apetecia mesmo comer. Um maravilhoso bolo de bolacha. E bati muito bem o creme vezes sem conta na Bimby. E ensopei bem as bolachas no café para ficar com aquele fantástico sabor de contraste. E estava fresquinho e leve quando o provei à noite. E ainda melhor na manhã seguinte ao pequeno-almoço.

Não consigo deixar-vos 41 lições de vida como gostava até porque cada um(a) terá as suas. Mas há coisas que de facto melhoram com os anos e as melhores coisas da vida são tão boas de simples quanto um bolo de bolacha. Aqui ficam algumas:

1 - Os filhos, ai os filhos e os seus abraços e beijos que nos transformam em super heroínas.

2 - O amor e a paixão quando indissociáveis. Ou como diz a Sofia do Às 9, a segunda prioridade da nossa vida é encontrar um grande amor, a primeira é nunca o perder!

3 - Fazer amor. Tinha de ser outro parágrafo. Fazer amor com entrega, de corpo e alma, com intensidade, vontade e liberdade. 

4 - A nossa mãe, e a sua voz, e o seu colo. (isto seguido do ponto anterior fica um pouco estranho). Os super poderes que elas têm para curar feridas.

5 - As avós, e as tradições de família e aquelas lições de saber mais que todos nós. Viver não custa, custa saber viver, diz-me a minha tanta vez.

6 - Os amigos que se mantêm na nossa vida, e nos telefonam com saudades ou só porque sim para beber um café.

7 - Os tais «costumes» que coleccionamos com carinho porque nos são prazerosos. Os nossos hábitos e idiossincrasias.

8 - Viajar. A pé, a nado, de qualquer maneira, o importante é ir. Abrir horizontes, construir memórias, viver aventuras.

9 - Comer. Bem. Comer o que gostamos e o que nos faz bem. Criar hábitos certos. Tratar bem de nós. Comer também o que é doce, o que pica, e o que não estamos habituados. Comer porque é preciso mas também porque se gosta.

10 - Beber. Brindar. Na dose certa, traz alegria, liberta, concerta. 

11 - Escrever. Mais do que um prazer é uma necessidade. Ajuda a concretizar projectos, a desenhar planos, a tornar sonhos realidade. Ajuda a esvaziar a mente e a desabafar. Permite-nos comunicar de uma forma privilegiada, exorcizar demónios e manter a lucidez.

12 - Ler. Um dos maiores prazeres que podemos ter. Livros, ensaios, poesia, BD. Uma forma de crescer, viajar, imortalizar, tele-transportar, viver outras vidas, conhecer outros lugares. Misturar realidade e fantasia.

13 - Desenhar e pintar. A pintura é uma forma de expressão primordial. Adoro pintar a óleo, visitar galerias e museus. Sentir um pintor, um quadro, uma paisagem. Há imagens que valem mais que mil palavras.

14 - Exercício - Correr. Ultrapassar os limites. Aumentar a resistência. O bem estar que nos traz.

15 - Dormir e sonhar - Adoro dormir e descansar. Abrandar o meu ritmo e ainda assim sonhar. Tenho sonhos vividos todas as noites. Vivo uma segunda vida a dormir.

16 - Cinema - O cinema é uma arte. Há argumentos, actores e realizadores de um brilhantismo. Sou fã incondicional de Hitchcock, Tarantino, Almodóvar.

17 - Música - Ouvir boa música leva-nos ao céu. Acalma as nossas dores, sossega o nosso coração, ou desorganiza-o de vez. Há batimentos cardíacos nas notas musicais. Há pautas que são bandas sonoras da nossa vida. E saber porquê?

18 - O tacto - O poder de um abraço. A magia de uma massagem. A importância de um aperto de mão. Fechar negócios, curar, dar carinho.

19 - Dançar - Pode ser tão libertador. Dançar sozinho, dançar agarradinho. Dançar enquanto cantamos na banheira, ou num baile de Verão. Numa discoteca ou a ouvir um concerto.

20 - Sorrir - É das melhores coisas da vida. Não acredito naqueles exercícios de rir de propósito mas acredito piamente que rir ajuda muito. Rirmo-nos de nós próprios e da vida ajuda a colocar as coisas em perspectiva, a desdramatizar e retirar o foco do negativo. Rir com vontade faz bem.

21 - Animais. De estimação - Um cão, um gato, um passarinho, seja qual for o animal o amor que se sente e que é tão puro e desinteressado.

22 - DIY - Fazer coisas, construir, ser capaz. Fazermos algo de raiz tem um grande impacto na nossa auto-estima.

23 - Fé - é algo bastante pessoal mas que faz parte de mim. A fé transcende e dá-nos um propósito. Torna-nos mais empáticos e mais altruístas.

24 - Descalçar os sapatos - Física e metaforicamente. Não há melhor que libertar os pés ao chegar a casa, calçar meias felpudas e fofas e vestir o pijama. Tirar o casaco e máscara.

25 - A verdade - com os outros mas sobretudo connosco. Viver na verdade como falava Kafka, não há pior do que nos mentirmos a nós próprios.

26 - O conhecimento - O saber não ocupa lugar. É tão bom aprender. Nunca me canso de dizer aos nossos filhos como sempre adorei estudar e andar na escola. Não acharmos que sabemos tudo não é ser humilde é ser capaz de continuar a aprender ao longo da vida. Nas minhas últimas aventuras contam-se aprender Mandarim antes da Constança nascer e mais recentemente PNL e Comunicação Web.

27 - O respeito - Pelos outros mas sobretudo por nós próprios. Respeitarmos o nosso «Eu», o nosso corpo alimentando-o bem, descansando, a nossa cabeça libertando-a de stress diário, e mesmo os nossos sonhos e vontades que tantas vezes apagamos ao longo da vida.

28 - Os sonhos - É por eles que vamos certo? Nunca é tarde para sonhar, mas mais importante que a ideia subjectiva que nos inspira é concretizá-la e pô-la em prática. Sonhar a dormir e acordado mas sonhar.

E vocês o que acrescentavam a esta lista?

O que vale mesmo a pena nesta vida?


Já nos seguem aqui no Instagram?

23.10.19

10 Ideias para quem gosta de poesia

Os direitos das imagens estão nos respectivos links.


1 - Jantares de poesia - no Vila Galé Paço de Arcos. Começa com um Welcome drink no bar Tertúlia às 19h45m, seguida de um jantar com menu exclusivo e declamação de poemas na sala Fernando Pessoa. Saiba mais aqui.

2 - «O Enigma de Sophia» - Ciclo de Masterclassess no Templo da poesia em Oeiras aqui

3 - Espectáculos de Poesia & Jazz - com Nicolau Santos, Cláudia Franco e o Quarteto Manuel Lourenço no âmbito do centenário de Sophia de Mello Breyner, o Auditório do Templo da Poesia. ste último de entrada livre ocorre nos dias 25 e 26 de Outubro às 21h30m e é de entrda alivre mas sujeito ao limite da sala. Mais sobre o espectáculos aqui.

4 - Recital de Poesia homenagem a Florbela Espanca no dia 7 de Dezembro no Palácio de Galveias. Save the date. Mais informações aqui.

5 - T-shirt com Camões ou Fernando Pessoa - Think Out Portugal. Portugal está na moda e os seus poetas também. Esta colecção é linda e deve ser usada com orgulho. T-shirts de adulto desde 19,50 (3 por 50€).

6- Em voz alta - Os nossos poetas em Cascais. A Fundação Dom Luís I junta-se, pelo segundo ano consecutivo, aos Artistas Unidos e à Câmara Municipal de Cascais para celebrar a obra de grandes poetas nacionais na Casa Sommer para dizer “Em Voz Alta” a poesia de autores como Camões, Sophia de Melo Breyner, Natália Correia, Mário Cesariny ou Carlos de Oliveira. A entrada é gratuita nas sessões que decorrem mensalmente, entre janeiro e dezembro de 2019. Mais informações aqui.  

7 - Carteiro de Pablo Neruda e o Clube dos Poetas Mortos - Ver ou rever estes filmes no videoclube e mostrá-los aos nossos filhos. Clássicos intemporais. 

8 - Clube dos Poetas Vivos - no Àtrio do Tetaro Nacional D. Maria poetas, editores, actores e leitores encontram-se para ler, ouvir e falar de poesia. A entrada é livre e sujeita à lotação da sala. Começa às 19h tem a duração de 70', e o próximo encontro é no dia 5 de Novembro. Mais informações aqui.

9 - Casa / Museu Fernando Pessoa - Visitar a casa Fernando Pessoa (temporariamente em obras) e fazer um dos seus percursos da Baixa ao Chiado: duração 90 m, 4€/pessoa, inscrições visitas@casafernandopessoa.pt., mais informações aqui

10 - Ler poesia e descobrir novos autores - «Entre o Sono e o Sonho» é uma Antologia de poesia contemporânea da Chiado Editora, que vai no seu XI vol e na qual participo. Volumes anteriores à venda também na aqui; ou aqui. Aproveito para vos recomendar o meu livro «Trinta dias até à loucura», uma história de amor e coragem, disponível em livro ou e-book.


Já nos seguem aqui no Instagram?